Facebook processado em Portugal, Espanha, Itália e Bélgica


A ação judicial da Deco contra o Facebook, por uso indevido de dados, deu entrada esta segunda-feira na Justiça portuguesa. Tal como o Expresso avançou na sua edição de 30 de junho, pela primeira vez, associações de defesa dos consumidores de Portugal, Espanha, Itália e Bélgica juntaram-se, numa estratégia comum, para processar a rede social.

Em Portugal, a Deco pede uma indemnização compensatória de um mínimo de €200 por cada utilizador — que em Portugal se estima serem 6,4 milhões —, consoante o tempo de antiguidade que cada pessoa tenha naquela rede social.

Este processo surge na sequência do escândalo da Cambridge Analytica, a empresa de consultoria política britânica que terá usado indevidamente dados de 87 milhões de utilizadores para ajudar a eleger Donald Trump e que também influenciou o resultado do referendo do ‘Brexit’.

A Deco entende que todas as pessoas que têm conta no Facebook merecem ser indemnizadas, já que existem aplicações semelhantes à utilizada pela Cambridge Analytica e, por isso, todos os utilizadores estão expostos.

Notícia do Expresso
Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close